segunda-feira, 29 de março de 2010

EMOS: versão Angels

Na minha quase balzaquianice já vi de um tudo nessa vida. O mais intrigante disso tudo é que em todas as gerações existe uma moda dominante, uma tribo ou mais tribos aos quais os jovens se identificam e passam a fazer parte. Já vi grunge, punk, hippie, leprechaum, patricinha, gótico, rapper e o kct a quatro. Nunca fiz parte de nenhuma delas, sempre fui do tipo “normal”, mas também nunca me incomodei com um cabelo moicano ou uma bolsa de crochê. Mas o tal do EMO me faz esquecer de todos os meus discursos anti-preconceito!
Gente, que coisa feia! E isso é uma praga! Nunca antes na história desse país teve tanta molecada seguindo a mesma tendência. Por onde você olhar tem um emo ou uma ema, ou pior, um bando deles juntos, na rua, no ônibus, na festa, no metrô, na padaria. Daqui a pouco eu abro meu guarda-roupa e de lá cai um emo chorando no meu colo!
Não entendo o que leva um ‘cerumano’ a ser emo. É feio demais, é uma poluição visual, deveria ser proibido por uma questão de saúde pública. Analisemos, portanto, estes ETs do mundo moderno:
As meninas têm cara de menino e os meninos têm cara de menina. O charme frágil da feminilidade e a força bruta dos músculos masculinos já eram, meu bem. Bonito agora é ser homem com cara de bicha, ter perna de sabiá e peitoral de quem nunca passou nem na frente da academia. E usar a maquiagem da mãe escondido, isso para os meninos. As garotas, por sua vez, nunca cobiçaram um sapato de salto, ostentam com orgulho o cabelo engordurado, não têm peito, não têm bunda. Isso sem falar que é moderno homem beijar homem e mulher beijar mulher. Mas dizem que não são gays. Enfim...
A roupa é UÒOOO, capítulo à parte. Desastre fashion que colocaria qualquer “Esquadrão da Moda” fazendo hora extra e adicional noturno pra consertar. O pior é que dentro da moda emo existem subcategorias. Eu que não tenho traquejo com estes seres, achava que emo usava roupa preta, franja comprida suja e pronto. Mas não!!!! De repente vi um monte de emo com roupa colorida, óculos de plástico by 25 de março e aquelas pulseirinhas que me disseram que trazem consigo mensagens sexuais. Oh, meus sais, onde este mundo vai parar?!!?
Teoricamente, adolescentes deveriam ser revoltadinhos, mas felizes, vivendo os melhores anos de sua juventude, ok? Mas os emos cultivam com amor a sua tristeza sem fim, colocando qualquer Lorde Byron no chinelo. Emo bom é emo triste!
Não vou nem me ater à linguagem tosca da internet usada por eles, chamar de “miguxo” e IxxxxCreVEERRRR AxxxxiiimMMMM é muito pra minha cabecinha!
Só sei de uma coisa: toda vez que avisto um emo, cobiço ele pra dar um bom banho, cortar a franja engordurada, passar um demaquilante nos olhos e dar uns tapas na bunda dizendo: VIRA HOMEM!!!!
Angels

2 comentários:

Shisuii disse...

é o primeiro modismo dqa nova versão da mídia: a internet.

Uma amálga de estilos, um mosaíco, e eu não vou me ater a qualificar ou desqulificar...

Típico de uma geração sem passado, que não vê um futuro... e que mal age em seu presente, só consome.

Ponto.

Shisuii

Anônimo disse...

Aff' Não gostei Desse Site O Pior Que Já Vi ! Se Não Gosta Respeita Pelo Menos CARAMBA Cada Um Tem o Direito De Ser oqe Quizer E Tenho Orgulhor De Dizer: SOU EMO SIM & Dana-se Esses Preconceitos ! Rock Na Veia ! ;@