quinta-feira, 25 de junho de 2009

Eu não me iludo mais!!!

É, queridas, é sempre a mesma ladainha... Nós, mulheres descoladas, bem-resolvidas, charmosas, vacinadas, habilitadas, emprego fixo, impostos em dia, etc, caímos invariavelmente em algum papo-furado de um cueca-borrada e colocamos tudo a perder. A verdade nua e crua é: nós nos iludimos!
Quando a gente conhece aquele pretê MARA que foi super gentil, pagou a conta, pareceu interessado por nossa vida pessoal, ligou no dia seguinte (ALELUIA!), é só esperar algumas semanas que a desilusão vem... Ele some!
Quando nós conhecemos aquele cara misterioso, com ar de lobo solitário, que não corresponde às nossas acintosas cantadas, mas que também não tira o time de campo, nós também nos iludimos... Em breve descobriremos que ele é casado ou está com meia sola de sapato no altar
.
Ou então quando “pegamos pra criar” aquele cueca-nenê tão fofo, tão carente, tão cheio de energia, que parece embasbacado com a nossa sabedoria e experiência... Eis a ilusão. Dentro em breve ele aparecerá com uma garotinha burra com metade da nossa idade.
Daí apelamos pra experiência deles, e conhecemos o cueca-coroa interessante, inteligente, descolado, independente, atencioso, que tem tanto a ensinar e está disposto a aproveitar cada momento de nossa juventude. Pura ilusão, em breve ele se mostrará um velhoto pernóstico que está sozinho porque é cheio de problemas.
Por isso eu, em um momento de calcinha-furiosa, decreto: EU NÃO ME ILUDO MAIS! Se rolar alguma coisa com alguém ou alguéns, que seja irrelevante, superficial e somente para atender às minhas necessidades momentâneas.
Assim seja... Até o próximo pilequinho.

Angels

Um comentário:

Shisuii disse...

Vivas os momentos furiosos, mas mantenha o critérios altos no quesito cuecas... se não o pilequinho pode virar porre...

(Just kidding...)



Shisuii