sexta-feira, 15 de julho de 2011

Dia do Homem

Pessoas, to bege! Hoje é o Dia do Homem. Nunca em meus 30 e miúdos anos de vida eu soube que essa data existia.

Cadê o governo que não vê isso? Não estou ouvindo discursos inflamados e emocionados sobre a virilidade, a responsabilidade, a utilidade masculina.

Não vejo as lojas do comércio enfeitadas com o tema. Nem distribuindo ferramentas ou qualquer item considerado masculino. Coisa mais machista isso, né. Só vou deixar esse comentário sobre a ferramenta em homenagem aos machistas e porque eu odeio receber uma florzinha no Dia da Mulher. Prefiro uma chave Philips, com a ponta magnetizada e cabo emborrachado rosa.


Segundo aprofundadas pesquisas (pai Google) apenas no Brasil é comemorado o dia do homem hoje. No restante do mundo é no dia 19 de novembro. Grandes coisa. Também nunca tinha ouvido falar nessa data.


Mas acho digno um diazinho para os nossos queridos cuecas, então vamos considerar a ideia e partir para as homenagens.


Nada de presentes. Também não é pra tanto. Acho mais charmoso presentear com algo mais subjetivo e não palpável ou muito palpável e objetivo, se é que vocês me entendem.

Mas, por favor calcinhas, fujam do basiquinho. Aff, básico num dá tesão nem solução. Faça de conta que é um segundo dia dos namorados.


Ou faça como a Angel: mate uma barata e abra um vidro de palmito. Calibre os pneus do carro, dá uma conferida na buzanfa de um cara e cante o estagiário. Ai, hoje eu acordei machista!


Em homenagem a esse dia, preparamos uma listinha dos 5 maismaismuitomais amáveis tipos variados de cuecas - não confunda com diversificados:

Johnny Depp


Pra mim e para mais da metade do mundo ele é o máster. A mistura que exala cheiro de beleza, sexo, meiguice e rebeldia. Se papai do céu me ajudasse e eu pegasse, faria com que todos os seus dias fosse o Dia do Homem.

Malvino Salvador
Ai, Malvino, você é um cara ambíguo. É um maldito. Você é mau e salva a dor! Mas me deliciaria com as duas partes, tudo junto e misturado.
Hummmmberto Martins
Ops, foto errada. Diversificação hoje não pode.


Te vendo assim, saindo do mar, que notamos as entradas: laterais na testa e na terceira idade. Mas você seria meu tiozinho da fanta tranquilo, afinal, já povoou muito minha cabecinha juvenil, por isso merece estar no rol de cuecas-mara por mais alguns anos.

Caio Castro


Meio baby... mas - ai que difícil! – eu alimento, dou banho, comidinha na boca e brinco a noite toda com ele, sem preguiça. Com esse sorrisinho safado que você conserva nesse rostinho lindo, tudo isso em cima desse corpão, meu bem, vai povoar meus pensamentos até quando eu estiver na terceira idade.

Diogo Nogueira


Esse cara não se contenta em só fazer samba. Ele samba na cara dos outros cuecas. Acho um desaforo e uma falta de educação juntar talento, gostosura, samba e beleza num pedaço de carne só. Tá, eu topo ser seu pandeiro, seu tamborim, teu microfone e até sua bola de futebol, meu nêgo. Fico com o repertório todo e peço bis.


Chega gente! Preciso de um banho gelado, uma bebida forte e voltar ao trabalho. Parabéns, cuecada!

Um comentário:

Kellynha disse...

Adorei, obrigada pelo texto e pelas fotos, foi assim uma forma sublime de comemorar o dia!