quarta-feira, 7 de abril de 2010

A arte de sedução se aprende?


A arte de sedução se aprende?

ter, 06/04/10, por ruth de aquino
Eles chamam de “método revolucionário”. É uma empresa de consultoria que promete ensinar homens a seduzir mulheres em 20 dias.
Primeiro, por que 20 dias e não 7 ou, sei lá, um mês? Terá a ver com o ciclo menstrual? Vinte dias antes que chegue a TPM.
A empresa se chama Seduction Life. Tinha que ser em inglês. Não entendo essa mania insidiosa de tentar controlar o ritmo natural das coisas e dos encontros, como se fosse possível ter um manual para os mistérios da atração, do desejo e do amor. Como se a auto-ajuda fosse realmente útil em cliques do olhar. E como se fosse universal e linear. Como se homens e mulheres pudessem encontrar um único padrão de sedução, sejam eles latinos ou escandinavos.
Hoje, temos lista para tudo. Já perceberam que revistas femininas têm sempre um número na capa? 75 maneiras de…39 conselhos para…47 dicas… As revistas masculinas metrossexuais também começaram a adotar números como chamariz.
Os donos da empresa se intitulam “conselheiros amorosos” e prometem ajudar o homem a superar obstáculos como “timidez, ansiedade e falta de experiência”. Com todo o respeito aos emprendedores do amor, tudo me parece uma grande balela que explora corações masculinos carentes.
Gosto de homens tímidos e sérios. Gosto dos consistentes. Há mulheres que preferem os atirados e cafajestes. Piadistas. Portanto, como ensinar a arte da sedução se as mulheres estão longe de formar uma massa homogênea?
A Seduction Life diz o seguinte: “O universo feminino hoje, com tantas informações e opções, tem um grande leque de escolhas”. Será mesmo? Grande leque de escolhas? Não estou tão certa. E você?
“E também”, dizem eles, “as mulheres têm um maior grau de exigência”. Aí já concordo. Acho até que algumas amigas minhas são exigentes demais, deveriam tentar conhecer melhor o cara antes de limar no primeiro encontro, por um tropeço qualquer tipo gostar de escutar CD do Fábio Junior (é, tem homem assim, eu até entendo a revolta das minhas amigas).
Esses conselheiros garantem que, em workshops e seminários, ensinam “técnica de aproximação, como dar o primeiro beijo na mulher desejada e até como ter a iniciativa para a primeira noite”. Ah, e dão dicas sobre “linguagem corporal, postura, técnicas de persuasão e comunicação”. O Método Sedução Revelada, como é chamado, teria sido testado por mais de cinco mil alunos em todo o Brasil. Um espanto. (tem muito cara que se acha sedutor e é mala)
Mas a melhor aula vem agora: o consultor fica de plantão e acompanha os passos do aluno na conquista de uma mulher em um bar ou danceteria…Já pensou? O aluno vai ao banheiro e encontra seu consultor, que diz, disfarçando entre um xixi e outro: “Olha, você está fazendo tudo errado, está muito ansioso, ou muito calado, ou dando mole demais, ou não prestando suficiente atenção na moça”. Ou então: “Vai nessa. Vai se dar bem”.
Este é o clímax do treinamento, O curso dura três dias, é intensivo e destinado a “homens maiores de 18 anos que queiram aprender técnicas e ferramentas para atrair e conquistar mulheres”.
Ferramentas…. Hummm.
Se existe o curso, é porque existem alunos. Homens em busca de ferramentas de sedução. O mundo deve estar pirando mesmo. Depois dizem que as mulheres é que estão desesperadas por companhia.
No site da empresa, há em destaque um texto de um jornal de Belo Horizonte, Minas, para confirmar que paquera se aprende. “Foi-se o tempo em que paquerar se limitava a decorar uma meia dúzia de cantadas baratas e ter sucesso garantido na noite. No lugar de máximas ultrapassadas como ‘seu pai é hortifrutigranjeiro? Porque você é um chuchuzinho’, surgem termos difíceis e sofisticados, como “abrir um set”, “verificar o IDI”, “mandar uma neg”…”
Olha, nem chuchuzinho, nem set nem neg. Cantadas baratas, socorro. Cantadas techno, pior ainda. Devo estar muito desatualizada. Felizmente. Nessas horas, dá um imenso alívio ter namorado…
Uma pergunta para você, mulher. Que tipo de sedutor a atrai? E para você, homem. Já sentiu falta de técnicas e ferramentas na hora H? Acha que sedução se aprende ?

Um comentário:

Shisuii disse...

Meus anjos, a vista cansada e as leituras do concurso me impediram de cometar em cada post...

Mas na verdade, os últimos posts versam sobre o grande problema da nossa sociedade: vivemos em uma sociedade do espetáculo. SAbe, vivemos em uma vitrine. É triste, mas cada vez mais, as pessoas não estão mais vivendo, elas estão atuando. Como num espetáculo, tristes vitrines-vivas.

O quanto que a gente faz que é para os outros? Sabe... até mesmo quando contestamos tão espetáculo, na verdade estamos agindo dentro de suas normas...

Acho que isso se encaixa principalmente na questão casamento/divórcio e nessa qustão de sedução.

RElacionamento é uma porção de caracteristicas compartilhadas, que não podem ser mantidas epelas aparencias, entretanto... isso é mais difícil, né??

Triste