sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

GAROTA TATUADA


Ok, fiquei com invejinha da querida amiga Balzacks e também fiz a minha tatuagem. \o/. Foi só a primeira de algumas que eu pretendo, e me pergunto por que até hoje eu não tinha nenhuma tattoo pelo corpo.

Como tomei essa decisão? Sei lá, vi alguns amigos com tatuagens legais, comecei a achar mais charmosos homens tatuados, tenho amizade com alguns profissionais dessa área muito talentosos, enfim, uma conjunção de fatores.

Fazer uma tattoo foi uma decisão que eu não tomei de rompante. Já fazia algum tempo que eu tinha essa vontade, mas não fazia idéia do desenho que eu queria. Confesso que não faz muito tempo que comecei a gostar de tatuagens. A princípio eu achava muito legal nos outros, mas pensava que não combinava comigo e com minha profissão careta, que era uma coisa definitiva demais e poderia enjoar, que quando eu ficasse velha ia ser estranho, que minha mãe ia me botar pra fora de casa, enfim, era cheia daquelas idéias pré-concebidas que geralmente não fazem o menor sentido.

Quanto à minha tattoo, particularmente, (é essa aí que vocês tão vendo na foto) eu gostei muito e acho que combinou comigo sim. A escolha foi feita meio que por eliminação. Eu já sabia o que NÃO queria fazer: estrelinha, borboleta, golfinho, flor, dragão, fadinha, enfim, nada contra, mas acho que são desenhos meio óbvios e sem muito significado, e eu queria fazer algo mais marcante.

Partindo desse pressuposto, tomei a decisão que eu queria fazer algo em preto, acho lindo tattoo colorida, mas o preto é um clássico e eu gosto muito. Escolhi, portando, este desenho, que é a versão estilizada de uma árvore da vida da cultura celta, que significa que a vida é um ciclo sem fim. (e não é mesmo?). Conversando com o tatuador que se tornou meu amigo (excelente profissional, um artista, se vocês quiserem passo o contato), ele me explicou que os celtas usavam esses símbolos como proteção. Achei tudo de bom, e como disse um amigo meu, “agora você tá com o corpo fechado”. EBA!

E, no mais, só recebi elogios. Minha mãe, pasmem, adorou, minha chefe também (pra provar que tatuagem não faz ninguém perder o emprego). Meus amigos todos elogiaram muito. No geral, a mulherada fica meio surpresa, acha que eu sou meio doida de fazer um desenho tããão grande (nem é grande, né?). Mas pra esse tipo de pessoa eu recomendo a estrelinha no pulso e a borboleta na nuca, não comprometem. Os homens, unanimidade, adoraram! E obviamente que eu quero mesmo é ser elogiada pela macharada!

Enfim, estou muito feliz e AMEI minha tattoo. Tanto que já estou programando a próxima. Mas, calma! Vai demorar um bom tempo pra eu fazer outra, talvez nem faça, enfim, um projeto futuro.

É como dizem todos os tatuados que eu conheço: ISSO VICIA!!!

Angel

3 comentários:

Angel disse...

Ahhh...e esqueci de dizer: NÃO DÓI NADA!!!!

Mary disse...

ñ precisa nem falar...perfeita a tatoo....significado incrivel...bem a cara da dona...
super bjo

Felippe Aníbal disse...

Gostei!